Xóõ (2k16)

by Xóõ

supported by
/
  • Streaming + Download

    Includes high-quality download in MP3, FLAC and more. Paying supporters also get unlimited streaming via the free Bandcamp app.

      name your price

     

1.
2.
3.
04:49
4.
02:05
5.
04:56
6.
04:10
7.
8.
05:34

about

projetoxoo.com.br
www.facebook.com/projetoxoo

Xóõ é Bruno Schulz, Cairê Rego, Felipe Pacheco Ventura, Gabriel Barbosa, Gabriel Ventura, Hugo Noguchi, Larissa Conforto e Vitor Brauer.

credits

released April 1, 2016

Baterias: Larissa Conforto e Gabriel Barbosa
Guitarras: Gabriel Ventura e Felipe Pacheco Ventura
Baixos: Hugo Noguchi e Cairê Rego
Teclados, sintetizadores e pós-produção: Felipe Pacheco Ventura e Bruno Schulz
Violinos: Felipe Pacheco Ventura
Vozes: Vitor Brauer
Produção: Bruno Schulz, Cairê Rego, Felipe Pacheco Ventura, Gabriel Barbosa, Gabriel Ventura, Hugo Noguchi, Larissa Conforto e Vitor Brauer
Edição e Mixagem: Felipe Pacheco Ventura
Masterização: Matheus Gomes
Músicas gravadas no estúdio Swing Cobra e masterizadas no estúdio Magic Master

Para mais informações: www.facebook.com/projetoxoo

tags

license

all rights reserved

about

Xóõ Rio De Janeiro, Brazil

Super banda composta por Bruno Schulz, Cairê Rego, Felipe Pacheco, Gabriel Barbosa, Gabriel Ventura, Hugo Noguchi, Larissa Conforto e Vitor Brauer.

contact / help

Contact Xóõ

Streaming and
Download help

Track Name: Passado Futuro
A humanidade nasceu da morte, todos nasceremos também
Quando a primeira criatura que dormiu macaco ou Adão ou Eva se levantou humano
Já existiam e tinham ido embora inúmeras espécies com sua forma e seu doce peso de ser
As árvores eram altas e os animais gigantescos, ácidos e nobres
Em algum lugar, em algum tempo
Os neandertais criaram a primeira religião em seus rituais enterrando seus mortos
No passado o céu parecia muito distante, algo intocável
Até para os mais corajosos homens das cavernas
Na região onde estão França e Bélgica
Eles começaram a esfolar os seus mortos com facas feitas de pedra
Algum tempo depois nascia o primeiro homem leão no lugar que conhecemos como Alemanha
Do sul da África até o norte da Sibéria
Eles adoravam suas gordas e férteis Vênus, esculpindo suas deusas
Milhares de anos depois nós erguemos o Stonehenge
E nasciam os primeiros judeus e árabes de mãos dadas
Uma família é formada na Ámerica
Enquanto isso os egípcios criam as maiores obras de arte que o mundo já viu, Aztecas e Maias também
Os cabelos da puberdade da humanidade começavam a crescer
Os Upanishads são criados e adolescentes, nós começamos a nos rebelar
Moisés nasce, Tao nasce
Um homem que vive longe das facas e do assassinato dorme feliz
Buda nasce, Sócrates é preso e morto
"Devemos um galo a Asclépio, não esqueça de pagar essa dívida, meu amigo"
Jesus nasce, Nero põe Roma em chamas, Maomé nasce
E todos morrem, todos morreram, todos nasceram
E do nascimento e do eterno esquecimento eles se ergueram
Como todos se erguem, um por um, após todos eles

Um bebê nasce todo dia
Dizem que poucos homens podem ser livres e vencer
Mas a história dos vencedores continua
A história dos vencedores ainda continua

Os orientais louvavam a água, os americanos, o sol
Os africanos, a terra, a Europa o ouro
A idade média chega e com ela milhões de guerras
Primeira, segunda, terceira, quarta, quinta, sexta, sétima, oitava e nona cruzada
A reforma protestante, o renascimento científico, os europeus chegam na América
A caça das bruxas, Joana D'Arc é queimada
Os espíritos africanos começam a andar por todo o mundo e a Mongólia mata e pilha o planeta
Tudo resulta, de alguma forma, na ascenção do capitalismo
Em algum lugar, um adulto perdia os seus pés graças a sua crença
Mas o céu parecia mais próximo do que nunca para ele
A idade chega, agora os anos passam mais rápido e mais rápido
Revolução industrial, revolução burguesa, Napoleão, a urbanização, os Estados Unidos
A bolsa de valores, o grande império inglês, a revolução russa
A grande depressão, Hitler, Freud, Einsten
A segunda guerra mundial, Gandhi, Bill Gates, Steve Jobs
E finalmente a mais louvada internet
Com um império que faz a Rainha Vitória suar frio na nuca

O céu está perto demais das nossas cabeças, a nos afogar e a nos afligir
Você vê? Nesse momento estou aqui.
O século XXI é um recém nascido que já nasceu envelhecido
A humanidade já está cansada e idosa
Quantas espécies já nasceram e morreram
Com suas próprias crenças, religiões e pequenos jogos políticos
O que dirão desse momento no futuro?
"Cabe a nós fazer"
Nenhum momento é trivial
Desde a nossa morte até o nosso nascimento
Nasceremos também
Passado futuro
Track Name: É Tudo Roubado (dirty vers.)
"Sonho sem quase já ser"
"Eu sou um Deus"
"Fui eu quem criou a terra"
"Minha terra é todo o mundo"
"Medíocres de todo o mundo
Agora e no futuro
Eu vos absolvo"
"Quem é ateu e viu milagres como eu
Sabe que os deuses sem deus
Não cessam de brotar"

É tudo roubado, é tudo roubado
"Rouba bicicleta de dois mil
Empresta pro amigo que também é roubado
Cobra um nova como se tivesse comprado"

"É agora nesta contramão"
"Ide por todo o mundo"
"Em seu coração se lia ninguém
Em seu braço direito se lia pensa bem"
"Faça ou não faça
Tentativa não há"
"Eu não estou interessado em nenhuma teoria"
"Eu fico com a pureza da resposta das crianças"

[Chorus:Vitor Brauer]
É tudo roubado, é tudo roubado
"Rouba bicicleta de dois mil
Empresta pro amigo que também é roubado
Cobra um nova como se tivesse comprado"

"Eu acho que sei
O suficiente sobre ódio"
Mas digo "apedreja essa mão vil que te afaga"
"Entre a dor e o nada eu escolho a dor"
"Eu não estou aqui"
"Não sou nada, nunca serei nada"
Mas "eu sou o mestre do meu destino
Eu sou o capitão da minha alma"

É tudo roubado, é tudo roubado
"Rouba bicicleta de dois mil
Empresta pro amigo que também é roubado
Cobra um nova como se tivesse comprado"
Track Name: Cansado
Todos andam tão animados
Que você não vai perceber
O quanto eles perdem

Às vezes continuam
Tossindo mesmo quando
Não estão mais doentes
Não estão mais doentes
Você não está doente
Você não está doente

Você só está muito cansado
Da nova MPB
Dos amigos da internet
Que você não quer ver
Track Name: Gente Boa
Falsos romancistas são criados por neutralidades
Drogas filantrópicas são dadas pelo SAAE
Pedras mitrológicas dispostas por toda a cidade
Porque ninguém gosta

Fontes astrológicas somadas com seus ideais
Te deixam num abismo sonso que você não sai
Fala com a galera toda o quanto você é escroto
E conta os meus segredos que já todo mundo sabe
Todo mundo sabe
Todo mundo sabe
E como se alguém se importasse

Olha a namorada da amiga
Olha a maquiagem da amiga
Olha a sapateira da amiga
Olha o gesto nobre da amiga
Olha isso tudo e tudo que você não consegue fazer

Dentro da modernidade frases filosóficas
Te deixam mais inteligente, sabe o que não sai?
O peso dos cenários todos, os mesmos comentários tolos
O bolso do papai

E sempre bom fazer piada ou rir um tanto de si mesmo
Quando não é você que leva o tiro à queima roupa
Ou mesmo simular que curte uma história tosca
E recalcada dos amigos pra ganhar moral na roda
Pra ganhar moral na roda
Pra ganhar moral na roda
Como se alguém se importasse

Olha a namorada do amigo
Olha o facebook da amiga
Olha a casa pobre do amigo
Olha o gesto nobre do amigo
Olha isso tudo e tudo que você não consegue fazer

Todo mundo sabe que no fundo você gosta
De ouvir o que é limpo e sem nenhuma novidade
Houve um tempo que achamos que era especial
Mas hoje isso é passado e você que virou nada
Track Name: Eu Te Amo
Amor, sinto te informar
Mas quando eu te falei era verdade
É que hoje eu não sinto mais
Aquilo tudo que um dia eu te falei
E eu não fico a vontade
Pra dizer tudo que eu sinto de verdade
Eu sei que você não me obrigou
A te chamar para dançar

E eu até que te disse um dia "Vamos transformar
Desertos em vidros lindos pra você adorar"
Desculpa

Mas eu deixei de te amar
Quando eu te disse "eu te amo"
Mas eu deixei de te amar
Quando eu te disse "eu te amo"

Eu só tenho lembranças boas
E sempre me dá vontade de sorrir
Parecia que eu tinha nascido
Mas hoje em dia só parece que eu morri
Isso ter acontecido comigo
É uma coisa que ninguém acreditou
Todos falam do amor
E gritam isso ao meu redor

E eu achei que estava amando, de verdade e com suor
É tanta gente que se ama que é fácil na hora falar
Desculpa

Mas eu deixei de te amar
Quando eu te disse "eu te amo"
Mas eu deixei de te amar
Quando eu te disse "eu te amo"
Mas eu deixei de te amar
Quando eu te disse "eu te amo"
Mas eu deixei de te amar
Quando eu te disse "eu te amo"
Quando eu te disse "eu te amo"
Quando eu te disse "eu te amo"
Quando eu te disse "eu te amo"
Track Name: Mudança
O que você foi caçar aqui?
Minha memória já anda tão fatigada
Mas eu te perdoo que é o meu jeito
De tirar você de vez da minha vida
O amor que um dia você tirou de mim
Da mão que um dia eu cortei

Mas eu não posso negar que eu sorri um pouco
Quando você me chamou na frente de todos
Quando lavei os seus pés na frente de todas as mulheres
As mulheres que um dia eu sonhei em ter
Que eu sonhei, um dia eu sonhei

E eu fui atrás de uma por uma, por uma, por uma
E eu trepei com todas uma por uma
E eu fazia tudo que um dia eu fiz com você
E eu fui usado por todas uma por uma, por uma, por uma
E eu me sentia melhor
Deus, como eu me sentia muito melhor

Como se houvesse algo de errado comigo
Chega e pode destruir
Como se minha casa fosse minha
Como se minha casa fosse eu
Como se o mundo não fosse todo meu
E agora o meu mundo sou eu
Eu sou meu
Tudo que eu tenho sou eu

Apesar de sempre tentar achar
Que não fazia mal às vezes se enganar
A gente tenta, mas se você é você mesmo
Você nunca vai mudar
E eu nunca vou falar outras coisas
E eu nunca vou cantar outras notas
E não adianta você se enganar
E vir falar de filhos e rios

Você também nunca mudou e nunca vai mudar
Track Name: Questão de Opinião
Não passa de uma questão de opinião
Não importa o que você realmente quer dizer
Tudo não passa de maldade, nem senti
E você não vai se redimir

Não passa de uma questão de opinião
Não passa de uma questão de uma graxa na orelha
Sei muito bem quem você é
E só dói quando eu respiro
Eu serei a faca que mergulha em você

E em 1915
Você penduraria negros
Com nós de só sua especialidade
É tudo uma questão de opinião
Como já disse São Paulo
"Eu nunca vi alguém tão fraco"
Ser misógino nunca saiu da moda
Não passa de uma questão de opinião
Não passa de uma questão de uma porra de uma opinião

Você ainda seguiria a moda
Mesmo se isso fosse seu vexame
Dez anos depois você vai saber
Que nunca viu alguém mais tosco
Que nunca viu alguém mais tosco

Se arrependimento matasse
Seu mundo seria um pergaminho
Eu faria da sua vida um palimpsesto
É tudo uma questão de opinião
Quando você vai saber o que fazer?

Você foi merda em tudo que já fez
E não passa de um merda no que vai tentar
Feito uma bosta que não quer mais sair do vaso
Feito uma bosta, se recusa a ir pelo esgoto

Não passa de uma questão de opinião
Não importa o que você realmente quer dizer
Tudo não passa de maldade, nem senti
E você não vai se redimir

Não passa de uma questão de opinião
Não passa de uma questão de uma graxa na orelha
Sei muito bem quem você é
E só dói quando eu respiro
Eu serei a faca que mergulha em você
Eu serei a faca que mergulha em você
Eu serei a faca que mergulha em você
Track Name: Créditos
Esse disco foi feito em sete dias, por oito pessoas, apresentadas em ordem alfabética: Bruno Schulz, Cairê Rego, Felipe Pacheco, Gabriel Barbosa, Gabriel Ventura, Hugo Noguchi, Larissa Conforto e Vitor Brauer. O projeto Xóõ só foi possível por um milagroso espaço na agenda dos músicos mais talentosos do Rio de Janeiro, a disponibilidade de seu novo estúdio e equipamentos, e pela sorte de um rapaz mineiro. Eu sou um homem muito sortudo. Esse disco fala sobre muitas coisas, mas o que eu acho que ele mais fala é sobre amizade. E é sobre isso que eu vou conversar aqui nesses créditos, eu acho. Sobre sorte e amizade, na verdade. Pra começar, eu conheci Cairê e Hugo por volta da primeira vez que eu vim para o Rio de Janeiro, isso tem menos de um ano. Sempre foi meu sonho ver Copacabana e Ipanema, ver essas montanhas com seus amontoados de casas, passar por seus túneis e ver as pessoas fazendo cooper de sunga numa terça feira. Demorou por volta de cinco anos pra conseguir uma data pra minha banda tocar aqui no Rio, graças a uma amiga chamada Tay. De qualquer forma, não tentávamos muito pra não nos frustrarmos muito fácil. Eu não queria abusar da minha sorte. Após conhecê-los e conhecer as suas bandas, fiquei muito surpreso de eles gostarem da minha música e do que eu faço. Tenho milhões de amigos muito menos talentosos, inteligentes e gentis que eles, e muitos sequer gostam ou ouvem o que eu faço. Deve ser questão de gosto. Sempre pensei que as pessoas menos brilhantes e de pior coração seriam as que mais me ouviriam, sem falsa modéstia. Não achei que gênios fossem gostar do que eu faço. A vida é um troço estranho. Mais supreso ainda fiquei quando o guitarrista da banda do Cairê, o Felipe, me adicionou no facebook e eu vi que ele tinha postado a minha música "Homem" em sua linha de tempo. Alguma coisa estranha estava acontecendo. Passados alguns meses, toquei com a banda do Hugo, na segunda vez que vim ao Rio, e virei amigo muito próximo do Gabriel, o Ventura, e da Larissa. Por algum motivo, essas pessoas me tratavam muito bem e riam de minhas piadas e ofereciam suas casas e seus corações, e ainda por cima gostavam do que eu fazia. Quando a banda do Cairê e do Felipe foi tocar em BH eu fui encontrá-los, esperando uma reação um pouco fria e distante. Não éramos amigos e eles não tinham a menor obrigação de ficar me dando atenção, eles eram as estrelas, mas por algum motivo eles ficaram perto de mim, me tratando sempre muito bem, se divertindo ao meu lado por todo o tempo, antes e depois do show. De certa forma, foi como quando eu tinha dezesseis anos e havia descoberto que uma menina, das mais lindas que eu já tinha visto na minha vida, queria ficar comigo. Eu sou um homem muito sortudo. Mas da mesma forma que aconteceu com a menina... Eu acabei ficando meio pé atrás com essas coisas. Eu penso, na minha cabeça, em como Deus me deu todos esses dons e oportunidades, e em como não fiz nada de bom com eles, nada de muito valor pelo menos. Deus só está esperando a oportunidade certa pra me ferrar de vez e dizer "Toma Vitor, eu te dei tudo isso e você desperdiçou tudo, então toma essa pra você aprender". Eu divaguei, eu sei. De qualquer forma, espero que vocês tenham entendido até aqui e entendam agora o quanto eu fiquei surpreso quando eu fui convidado pra gravar um cd com eles, aqui no Rio de Janeiro, e ainda por cima meus grandes amigos Hugo, Ventura e Larissa também iriam participar. Quando mais tarde conheci Barbosa e Bruninho, já havia os adorado sem nunca os ter visto antes. Sei que isso tudo parece bobo à primeira vista, e talvez seja bobo no final das contas, pode parecer que eu estou enchendo linguiça pra ter mais uma música no disco. Vejam bem, a minha arte e a minha vida sempre foram vistas e separadas em dois extremos. Tem gente que me ama e tem gente que me odeia. Eu não sou uma pessoa que não fede e não cheira, o que tem suas vantagens e desvantagens, é claro. Os meus discos, dois extremos também. De um lado está minha banda de rock, que possui pouco público e é louvada pela crítica, do outro está minha carreira solo, que nenhum crítico ouve e que possui menos público ainda. Na minha carreira solo eu faço músicas como essa, existe um motivo pra todas essas músicas que eu fico falando existirem. Eu acho que eu tenho que escrever a minha história na minha arte, de alguma forma, e essa é a forma mais original e mais minha que eu achei pra fazer isso. Mas ficar se justificando é pior, eu sei. Eu sou muito sortudo de ter gente que gosta disso, eu não vou me cansar de afirmar isso pra mim mesmo, e agora pra vocês. Minhas letras são a janela da minha alma, a porta do meu espírito. Eu me sinto muito sortudo de ter gente que me ama pelo jeito que eu sou, eu me sinto muito sortudo de ter gente que me ouve e que me respeita pelas coisas que eu produzo e pelas coisas que eu falo. E no final de tudo, eu me sinto muito, muito sortudo por ter esses amigos que eu tenho e por ter feito esse disco. Mesmo que eu morra amanhã, esse disco estará aqui. Eu sou muito sortudo de ser feliz e de ser mais amado do que odiado nesse mundo. Um brinde aos meus amigos. Gostaria de agradecer a todos vocês que ficaram com a gente até aqui também. Obrigado.